MENSAGEM AOS MEUS LEITORES

23 Nov

Meus amores,

Estou longe e muito ocupada. Em breve, talvez, voltarei ao blog.

Obrigado pelas vossas visitas.

Beijinhos de Mel(ly)
<3

Lançamento de Página de Fãs OFICIAL!!!

22 Jun

Aviso Maiores de 18 anos

Olá meus amores,

É oficial, já existe página de fãs da Sílvia Van Der Melly!!!

Imagem

Imagem

https://www.facebook.com/ViciadaNoMelBlogEroticoDeSilviaMelly

Sei que muitas(os) de vocês apenas vão acompanhar os artigos pela página de fãs, sem que façam “Gosto” ou semelhante pois ainda existe muita reticência em se afirmar publicamente que se seguem blogues desta natureza.

Sabem que mais? Não me importo nadinha. Tudo o que quero é partilhar estes aspectos da minha vida convosco, mesmo que “oficialmente” não façam “Gosto” ou semelhante!

Continuam a ter o meu mail – viciadanomel@gmail.com – à vossa disposição para que possamos continuar a comunicar com toda a privacidade que merecem e desejam.

Beijocas de Mel(ly),

Com ambição e respeito,

Sílvia Van Der Melly,

Melhor blog feminino de 2013?

P.s: Um obrigado especial ao Romeu Soares Dos Santos.

Colecção de CONTOS ERÓTICOS da Sílvia van der Melly <3

9 Mai

Meus amores <3

Brevemente estará à venda, EXCLUSIVAMENTE no blog VICIADA NO MEL, a minha colecção de mini contos eróticos escritos por mim, em formato PDF.

Pagamento via Paypal exclusivamente.

Decidi seguir os vossos conselhos meus amores <3

Beijinhos de Mel(ly)

Sabes mesmo fazer sexo oral?

4 Jan

Olá meus amores,

Hoje li uma notícia na comunicação social e tive mesmo que vir para o computador, a correr, para escrever-vos este post!

Ao que parece, uma actriz porno (Portuguesa) – Erica Fontes – irá dar um workshop, em Lisboa no próximo dia 19, para ensinar as mulheres a darem prazer desta forma aos seus namorados/maridos/companheiros/amantes/flirts, etc.

Independentemente de ser uma “formação” paga, e do valor em questão, coloco a minha questão pessoal:

Valerá a pena, será útil ou fútil?

Embora desconheça os moldes desta dita “formação especializada”, considero que a mesma não terá muita utilidade para uma mulher, pelo menos caso esta não tenha em mente 3 princípios que considero fundamentais no sexo oral:

HIGIENE

DEPILAÇÃO

TESÃO/ATRACÇÃO FÍSICA

Afinal, sem isto, e com ” mais ou menos técnica” de boca, dedos e língua, qual será o resultado a esperar?

Considero que o workshop vai ter também coisas positivas “obrigatoriamente”, tais como uma bela de uma tesão de grupo. Não vejo as pessoas a não ficarem excitadas sexualmente, se as técnicas forem boas :) e após atenta observação dos actos praticados.

Não vos digo que será mau, para não irem ou semelhante. Contudo, recomendo-vos a aprenderem os números antes de desejarem começar a contar, pois se a experiência não correr de acordo com as expectativas (que devem ser altas) o vosso foro psicológico poderá sair afectado e isso repercutir-se-à no vosso desempenho sexual mais tarde.

Ninguém quer “más experiências”, muito menos em público/grupo.

Pensem também naquilo que precisam sentir para dar e receber esta forma intima de prazer.

Existem muitos artigos no meu blog relativamente ao sexo oral! Talvez seja a hora de os lerem ou relerem até.

Já estão na ponta da língua? <3

Dê o melhor fellatio/boquete, sempre!

Engolir ou cuspir no sexo oral?

6 dicas para fazer Minetes de Luxo

Cunnilingus com Mentol

Uma mulher depilada tem mais Mel?

 

Gostava de conhecer as vossas opiniões sobre o que aqui foi escrito <3

Sílvia van der Melly,

ENTRA tu também, e juntos faremos um blog erótico de luxo, em 2013!

3 Jan

Meus amores do <3

Um bom ano para todos vocês que continuam a acompanhar-me, mesmo quando me ausento por longos períodos…

Amo-vos!

Como foi a vossa última noite de 2012? Prazerosa e com álcool à mistura?

sexo e alcool

O ano de 2013 já leva três dias, e o número “3″, faz-me lembrar logo uma ménage à trois de luxo…que delícia viciante!!!

menage a trois

Como acham que vai ser o Blog Viciada no Mel – Sílvia Melly, neste novo ano?

Ninguém o saberá certamente, nem mesmo eu, mas posso adiantar-vos que sei  What’s In Your Head para este ano <3

Não acreditam? Vejam o vídeo no Youtube aqui mesmo!

Enquanto dão largas às vossas fantasias sexuais, estarei a comer umas belas cerejas e a tentar decidir que lingerie devo vestir, para me inspirar para os novos artigos eróticos <3

sexo e cerejasmulheres em lingerie

Qual a cor de lingerie que preferem, meus amores?

Beijos molhados,

Sílvia van der Melly,

A minha bissexualidade de luxo – Conto Erótico

27 Set

O que fazer quando me sinto atraída por um homem fascinante e uma mulher cativante?

Eu descobri que também preferia desfrutar do melhor dos dois mundos <3

O Ricardo é um namorado fantástico sem dúvida, mas a Matilde possui veludo na ponta da língua e quando me toca, em qualquer parte do meu corpo, simplesmente estremeço e sinto o meu ventre a contrair-se efusivamente.

Não o nego, nem quero ter de o fazer!

Sempre que sinto aquela língua quente, resistente, húmida e de toque aveludado sinto-me imediatamente molhada e pronta a ser descoberta ao sabor das minhas próprias descobertas, também.

O Ricardo também não se fica atrás, mas apesar de toda  a sua exímia técnica e destreza “lá em baixo”, não deixa de dar demasiado uso à sua força e masculinidade. Não o censuro, afinal ele é um homem e sendo o que é, é perfeito e é igualmente perfeito para mim.

Eu acho que ele sempre soube que eu nunca o tinha traído com qualquer outro homem, mas já com uma mulher creio que ele sempre tivesse tido as suas dúvidas, pois eu e a Matilde éramos mais que amigas e confidentes, éramos amantes de luxo inseparáveis e sinceramente não fazíamos nada para nos conter a cada palavra ou toque.

Nunca nos expusemos é certo, mas também nunca nos encobrimos ou escondemos da nossa realidade (bi) sexual. Eu pessoalmente sempre desejei que ele pudesse ver com os seus olhos aquilo que eu sentia, mas que não encontrava palavras para lhe explicar.

Foi o que aconteceu recentemente. Eu e a Matilde almoçámos juntas em minha casa e depois fomos juntas às compras, aproveitando as horas livres que tínhamos devido ao vício do Ricardo, pelo ginásio.

Como sempre, a cada vez que estávamos juntas, o mundo afastava-se e nós tornávamos-nos mais cúmplices e íntimas a cada gesto.

Tínhamos voltado da Intimissimi no Vasco da Gama e ainda estávamos excitadas com o pagode que foi experimentarmos lingerie atrevida uma para a outra, ao sabor de alguns beijos roubados e carícias prometidas…

Estávamos em casa, relaxadas a recordar aquilo que carinhosamente chamamos de “momentos de mulher”, deitadas sobre a cama e a Matilde decidiu relaxar-me com uma massagem de ombros e costas.

Ela sabia que ia despertar o vulcão do meu ventre…e eu queria que ela o fizesse…

Quatro mãos exploravam carinhosamente dois corpos jovens e belos, sem pudor.

Mais uma vez não estávamos preocupadas com o tempo, nem com o facto de podermos ser apanhadas pelo Ricardo, como sempre! Como iria ele reagir? Como lhe explicaria? Eram as únicas duas questões que levemente passavam na minha mente sempre que vivia aqueles momentos com a Matilde. Não seria excepção desta vez, ou seria?

A audácia do nosso desejo revelava-se a cada minuto que passava, que apesar de ser muito bom até parecia passar vagarosamente…

Sentia calafrios a atravessarem-se pelo meu corpo, o ventre a contrair-se e os mamilos a ficarem rijos ao ritmo das nossas danças femininas, e esguias, desenhadas pelos nossos corpos de menina mulher.

Não demorou muito até eu ter a iniciativa de despir a Matilde, pois desejava bastante consumir o néctar do seu ventre e não só…

Quanto mais próxima ficava de a desnudar, mais próxima me sentia de um tesouro digno de piratas atrevidos.

Na minha boca podia sentir de facto a saliva a crescer desmesuradamente. Os poucos e quase invisíveis pelinhos dos meus braços teimavam em erguer-se sempre que as nossas peles se tocavam por acidente, ou não. Já estava bastante húmida, sem dúvida.

Ansiava por aquele toque e luxúria feminina, dentro e fora de mim.

Ao sabor daquele impasse delicioso do despe – não despe, continuávamos as nossas carícias…Pareceu-nos ouvir uma porta a abrir ou fechar, não sei, mas também não ligámos.

O nosso beijo era intenso e verdadeiro, as nossas bocas não se procuravam…simplesmente encontravam-se a meio de um caminho qualquer, que ambas desejamos continuar a percorrer.

Era Mel, era açúcar. Era doce. Era viciante!

Fomos docemente interrompidas pelo aproximar calmo e sereno do Ricardo, junto à cama…

Não trocámos uma única palavra entres nós, mas aquele quarto tornou-se momentaneamente pequeno para aquelas trocas de olhares intensos, cativantes e sugestivos. O fogo dos nossos corpos tinha sido transportado para os nossos olhares sedentos de magia e prazer.

O Ricardo apenas transmitia uma “Poker Face“, não fazia ideia do que ele estaria a pensar naquele momento. Estava calmo e impenetrável. Senti algum receio confesso, mas também mais desejo na mesma proporção.

Decidiu saudar-me com um efusivo beijo na boca. Acho que apesar de não estar chateado, pretendia marcar a sua posição autoritária e masculina. A Matilde simplesmente limitava-se a sorrir e a acariciar-lhe o tronco, por cima da roupa.

Senti-me bem. Não sei porquê, e ao contrário do que esperaria, não senti ciúme e achei que todos estávamos cientes do que se estava a passar e que estávamos felizes com isso. Não consigo descrever melhor este momento.

Seis mãos, três corpos sedentos de prazer, muito carinho e acção…assim poderia descrever os momentos seguintes a este nosso “encontro imediato” com o Ricardo.

A partir daqui, acima de tudo, era pura tesão que pairava naquele quarto e no nosso interior mais profundo…

Desdobrámos-nos em carícias intensas, mútuas e contínuas onde a sensibilidade das acções ditavam o rumo dos acontecimentos seguintes…

Sentimos que não existiam regras nem limites no que tocava a “matar e morrer” de prazer… éramos nós, só nós e nós mesmos.

Estava louca para chupar aquele pau grande, grosso e cabeçudo que parecia não parar de crescer nas minhas mãos, mas o Ricardo tinha outros planos primeiro.

Podia sentir as minhas cuequinhas húmidas do meu desejo intenso. Sentia também o pau dele a libertar umas gotas e um fio de lubrificação natural masculina. Era meio pegajoso, incolor e eu sentia-me bem a sentir os seus líquidos sexuais na minha mão a cada vez que lhe acariciava o seu pau enfurecido de desejo.

Sendo eu a namorada, fui a primeira a ser “castigada”…

Com mestria e avidez, expôs a minha parte mais íntima. Senti-me indefesa mas desejava ser devorada por aqueles dois seres. Os mais interessantes e completos que algum vez tinha conhecido em toda a minha vida. Não os queria perder por nada deste mundo.

A partir daqui foi mesmo a Puta da Loucura…

Adorava aquela troca de texturas na minha ratinha. A língua veludo da Matilde e a língua aluno exemplar do Ricardo…

Senti que o primeiro orgasmo já não andaria longe, e tudo mérito deles.

Como namorada que era, tinha privilégios. Seria a primeira a ser penetrada por ele. Adorei a minha condição amorosa social naquela altura. Senti-me bem e poderosa, confiante!

Era Mel, era açúcar. Era doce. Era viciante!

A Matilde ousava e ousava prendando-me com um intenso “botão de rosas”. Tremia, mesmo de joelhos na cama, quase suplicando para ser fodida com força e determinação…

Aquela língua veludo a passear-se na minha zona mais íntima de todas estava a fazer-me delirar…

Depois foi ele a impingir-me mais um castigo divinal, em redor do meu ânus.

O meu rabinho era eternamente partilhado, e eu não sabia se queria que parassem para ser penetrada por aquele pau doce de mel, ou não.

As “cócegas” provocadas eram eróticas e contagiantes…Todos os meus poros naquela região sobressaiam de forma quase inédita.

A doce “tortura” continuava…

“Aiiiii, fodassseeeee” gemi profundamente ao ser “abalroada” por aquele mastro XL.

Fodemos…

Fodemos…

E fodemos até ser a vez da Matilde. Queria mais confesso…

O Ricardo já dizia que estava com vontade de se vir…nós dizíamos-lhe para se aguentar mais um pouco…

A Matilde que até, segundo ela, preferia mulheres demonstrava estar a delirar com a picha dura do Ricardo bem dentro dela…

Senti-me gulosa e “exigi” o que era meu por direito…

Queria mais um pouco…sabia que ele se queria vir…fui egoísta, mas tirei muito prazer desse acto espontâneo e natural…

Enquanto me masturbava à espera de ser penetrada novamente, apercebi-me que o Ricardo estava a atingir os limites da tesão e acabaria por se vir a qualquer momento…

Não o podíamos censurar. Já nos tínhamos vindo várias vezes…faltava ele, apenas!

Dividiu connosco o resultado final das enormes tesões que lhe provocámos…

Era delicioso vê-lo a desfazer-se em leite dentro das nossas ratinhas escaldantes e sempre famintas…

Ambas fomos inundadas com o seu doce leite…

O seu sémen escorria-nos para fora e teimava em pingar a cama…

Foi a minha melhor foda de sempre até aqui…

Digo foi, porque continuamos a fazê-lo e parece que cada vez é melhor…

O que faz a Lisa Simpson quando está sozinha em casa?

18 Ago

AVISO MAIORES DE 18 ANOS

Quem é que não conhece a família Simpson?

Quem não conhece a Lisa Simpson?

Imagem

Quem é que não sabia que a Lisa Simpson para além de inteligente é safada? Eu não sabia!

Pois é, a Lisa Simpson também cresceu e já não é a menina que costumávamos ver! Agora é maior de idade e diz querer aproveitar bem os prazeres da vida e continuar a aprender, com os mais velhos, pois o conhecimento não ocupa lugar!

Já sabíamos que o casal Simpson gostava de FDS românticos, fora de casa, para poderem dar as suas quecas sem serem interrompidos. Sim o Homer e a Marge Simpson gostam de dar largas à sua imaginação sexual sempre que podem.

Mas e o que fica a Lisa a fazer quando os pais estão fora de casa?

É simples, continua a estudar…anatomia!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Onde será que a Lisa vai deixá-lo vir-se?

Será que ela gosta de engolir ou cuspir no sexo oral ?

Imagem

Imagem

A minha pergunta agora passa a ser a seguinte: E o Bart Simpson, também já fode? 

Para visualizar gratuitamente o filme clica aqui e descobre como geme a Lisa Simpson quando lhe fazem um minete de luxo antes de lhe comerem a ratinha sedenta de prazer.

Sílvia Van Der Melly,

Divirtam-se na cama e fora dela!

Melhor blog erótico feminino 2012?

 

 

KIM KARDASHIAN Sex Tape!

1 Ago

AVISO MAIORES DE 18 ANOS

Olá a todas(os) as(os) viciadas(os) no MEL <3

Como todos sabemos, cada vez mais as pessoas gostam e querem produzir a sua própria pornografia de luxo e as estrelas do cinema, música, desporto, etc, não são excepção nenhuma!

Existem várias razões que levam os homens e as mulheres a quererem realizar os seus filmes pornográficos caseiros, o que não tem mal nenhum e até costuma apimentar a relação do casal.

Já aqui tinha publicado a Sex – Tape da Belen Rodriguez que fez bastante sucesso, e então decidi colocar desta vez o vídeo caseiro da KIM KARDASHIAN com o RAY J.

Posso dizer que apesar de a Belen Rodriguez surgir mais ousada na cama, a Kim Kardashian tem a sua classe enquanto mama o pau gigante do negrão!

ImagemVamos lá ao que interessa então <3

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Não sabemos se a KIM KARDASHIAN gosta de engolir ou cuspir para terminar o acto sexual :/

Mas sabemos que ela gosta de usar uma moicana sexy no que toca à depilação feminina <3

Quem será melhor na cama? Belen Rodriguez ou Kim Kardashian?

Queres ver o vídeo? Então clica aqui.

Espero que tenham gostado,

Sílvia Van Der Melly,

Beijinhos de Mel <3

Uma mulher depilada tem mais Mel?

21 Jul

AVISO MAIORES DE 18 ANOS 

Será a depilação feminina um bom truque para adicionar mais sensualidade ao acto sexual e mais desejo por parte do parceiro para com a mulher?

Será que a depilação feminina poderá acrescentar Mel à sua sexualidade e intimidade?

Será que o desejo sexual do seu parceiro sairá influenciado em função do “desenho” da sua zona púbica?

Será que na hora de ele lhe oferecer um belo cunnilingus se vai importar com a dimensão do seu “mato”?

 Como é que se sente mais erótica e atraente?

Era capaz de rapar a zona púbica de uma forma específica só para o agradar?

Cera Quente ou Cera Fria?

Cera Quente! Está HOT! <3

A experiência pessoal, e a consulta a esteticistas profissionais diz-me que:

  • Ambas são relativamente dolorosas, especialmente nas zonas íntimas (em cima do osso púbico e virilhas).
  • Ambas deixam a pele livre de pêlos inestéticos por volta de 20/30 dias.
  • A cera quente será mais indicada para mulheres menos sensíveis à dor.
  • Se for aplicada correctamente, não deixa marcas/manchas! Atenção à temperatura de aquecimento recomendada!
  • É mais dolorosa que a cera fria!
  • Uma vez que a cera quente dilata os vasos sanguíneos, atenção a quem sofre de varizes! Se tiver varizes e se estas forem acentuadas, pondere NÃO usar a cera quente.

Cera Fria!

  • Sem dúvida que a grande vantagem deste tipo de cera é que se torna muito mais prática. Podemos depilar-nos em casa com maior facilidade. Existem Kit’s à venda, uns melhores que os outros!
  • Quem sofre de varizes ou é mais sensível ao calor, poderá encontrar aqui uma opção mais indicada.

NÃO deixe é de se depilar nunca! Esta é a minha opinião pessoal.

Faça uma “aparadela”, uma moicana sexy, ou “tudo fora”, não deixe de se depilar nunca!

Eu só tenho 2 estilos! Moicana sexy (foto acima) ou “tudo fora”!

Qual é o seu?

E isto tudo porquê?

Porquê todas estas questões? Fácil, os homens cada vez mais gostam e preferem as mulheres parcialmente ou totalmente depiladas!

Os homens (muitos deles pelo menos) desejam mulheres mais novas e “frescas” e o facto de uma mulher se depilar, na mente deles é “traduzido” como uma ratinha jovem, bela, fresca em toda a tua plenitude. Claro que há mais…! Há mais espaço e desejo para lamber de Sul a Norte, de Este a Oeste, etc…Os olhos também comem, o nariz anda perto…por isso só ganha  se se depilar parcial ou totalmente!

Depois surgem os factores culturais da sociedade e aquilo que esta diz que está “correcto”!

Nos últimos anos sem dúvida que existe uma tendência para as moicanas ou para a depilação total.

O que leva a isto? A estética, a ausência de odores, a textura diferente, a “moda” e os padrões actuais de beleza íntima!

É claro que outros mundos, nomeadamente os da Pornografia e Erotismo também têm feito as nossas cabeçinhas!

Os homens compram revistas com mulheres nuas, onde verificam que estas surgem em regra totalmente depiladas. Para além de acharem que o conceito de beleza é o que surge nestas edições, procuram encontrar os mesmos detalhes nas mulheres “reais” com quem estão!

Sê vêem uma mulher depilada na revista, é uma mulher depilada que procuram ter na sua cama!!!

Você é que deve saber como se sente melhor, mas para isso terá mesmo que testar todas as possibilidades!

Embora se fale que a depilação se faz por razões higiénicas também, considero que está errado. Afinal os pêlos EXISTEM por razões higiénicas!!!

Por outro lado compreendo que uma ratinha depilada seja bem mais apetitosa pelo menos à 1ª vista <3

A opção é sempre tua! Arrisca!

Sílvia Van Der Melly,

Melhor blog erótico feminino 2012?

A morena misteriosa! CONTO ERÓTICO – Parte II

18 Jul

AVISO – MAIORES DE 18 ANOS

Ler A morena misteriosa! CONTO ERÓTICO – Parte I

CONTINUAÇÃO:

(Esta gaja é estranha) pensei eu.

És muito misteriosa Catarina, disse-lhe de seguida enquanto me colocava ainda mais à vontade, afrouxando o cinto das calças…Ela apenas sorriu, mais uma vez…

Dirigi-me de seguida ao aparador que estava posicionado em frente da cama e servi dois flûtes de champagne enquanto saboreava a papaia carinhosamente fatiada. Levei-lhe um pouco de papaia à boca. Ela saboreou-a de olhos fechados e de seguida agarrou-me pelo braço e chupou-me vagarosamente todos os dedos da minha mão direita. Sorri de forma cúmplice, que mais poderia fazer?

Uma vez que estávamos numa suite presidencial atravessámos a porta que dividia o quarto da sala de estar. A decoração era um pouco estranha, não ia ao encontro dos meus gostos decorativos, mas para uma noite de sexo selvagem era mais do que suficiente. Além disso, não seria de bom grado criticar a escolha da Catarina.

Sentámos-nos no sofá e começámos aos beijos sem perder mais tempo…

Imagem

As minhas mãos percorriam-lhe o corpo, ainda vestido. Acariciei-lhe suavemente as pernas, coxas e peito enquanto nos beijávamos incessantemente  ao sabor da descoberta um do outro. A química era evidente.Imagem

Imagem

A tesão entre nós estava a atingir limites que me agradavam, e não demorámos muito tempo até nos começarmos a despir…

Imagem

A Catarina começou a masturbar-me como se nunca tivesse tido a oportunidade de colocar as suas pequenas mãos numa picha anteriormente. Porém, era exímia em cada gesto realizado.

Quando dei por mim, já ela estava pronta a deliciar-me com um broche espectacular.

Imagem

A sua mestria não me surpreendeu mas deliciou-me a cada gesto, no qual ela fazia desaparecer o meu membro erecto na sua boca quente e molhada.

Ela fazia questão de marcar presença, pois a cada chupadela mais profunda fintava-me nos olhos…e eu adorava simplesmente aquela provocação visual…

Imagem

Mantinha-se de joelhos à minha frente e parecia insaciável. Chupava rápido e engolia o meu pau grosso até ao fim…e eu já categorizava aquela mamada como umas das melhores, que tinha tido nos últimos meses. Sempre adorei dominar a mulher na cama. Gosto que elas sejam submissas enquanto me chupam e as fodo.

Imagem

Tinha chegado a minha vez de retribuir tal mel…e eu ansiava descobrir como seria aquela coninha. Como seria aquele grelo? Seria doce de mel?

Imagem

Após vislumbrar aquela coninha pela primeira vez, a minha língua já desejava serpentear naquela montra de prazer.

Imagem

Imagem

Descobri que ela também gostava de mandar e que fazerem-lhe um simples minete não era suficiente para ela. Ela queria mais! Ela conduzia-me literalmente com a sua mão esquerda na minha cabeça enquanto balouçava o corpo a cada vez que lhe chupava e mordiscava suavemente o grelo.

Imagem

Naquele momento, tudo o que mais queria era penetrá-la de forma bruta e ritmada, até que passados mais alguns minutos ela acedeu…

Imagem

Comecei elevando logo a fasquia. Penetrava-a cheio de desejo e garra. Ela gemia profundamente e pedia para ir mais fundo…pedia também que lhe apertasse o pescoço…não me fiz rogado a satisfazê-la mais uma vez!

Imagem

Após alguns minutos de penetração frenética, precisava de recuperar o fôlego e sugeri trocarmos de posição. Ela só retorquiu  que teria que continuar a fodê-la à bruta, que não aceitava que baixasse o ritmo das penetrações, ou caso contrário não era homem suficiente para ela.

Aquelas palavras caíram-me mal, mas também me motivaram de seguida. Sabia que mulheres maduras eram fogo, mas aquela parecia ser insaciável. Nem mesmo os meus 22cm de pau duro e grosso a amedrontavam!

Imagem

O que se seguiu foi um festival de tesão e suor emanados pelos nossos corpos…

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Após tanto prazer não me aguentei mais e quis-me vir!

Nem lhe pedi. Ordenei-lhe que me chupasse até me fazer vir, pois sabia que não faltava mesmo muito…

Imagem

Senti que aquela explosão leitosa e pastosa se aproximava…e ela voltava a fintar-me com os olhos. Lindo!

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemTerminada a foda, ouço uma música a tocar baixinho…era o telemóvel dela! Aquela música Neon Hitch – F U Betta nunca mais me saiu da cabeça desde então!

Dirigiu-se à W.C, tomou um duche, vestiu-se apressadamente e saiu. Nunca mais a vi, desde então.

Sílvia Van Der Melly,

Melhor blog erótico feminino 2012?

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 54 outros seguidores

%d bloggers like this: